Notificações aumentam e combate à dengue não para em Coxim

25/05/2020 - 14:40

Servidores da Secretaria Municipal de Saúde Pública, da Coordenadoria de Vigilância Epidemiológica e do Centro de Controle de Vetores continuam se dedicando à missão de conscientizar a sociedade e combater os focos do mosquito.

 

"Mesmo com a orientação das pessoas ficarem em casa por causa da Covid-19, temos percebido que os focos de dengue têm aumentado, inclusive os casos registrados que já chegam a mais de 600 do começo do ano até sexta-feira", diz Marcilio Centurion, coordenador do Centro de Controle de Vetores.

 

"Estamos atendendo aos protocolos de segurança e saúde, com uma média de 10 indicações semanais, com o fumacê e as bombas costais, é um trabalho pesado. Tiramos duas carretas de pneus em uma semana da cidade. São mais de 15 toneladas que foram encaminhadas à reciclagem e deixaram de ser potenciais focos. Ainda assim, temos encontrados muitos focos nas vistorias nas residências", resumiu Marcilio, que está na linha de frente do combate junto a equipe.

 

"Já sabemos como prevenir a dengue há muitos anos, mas precisamos manter uma rotina, mesmo nessa situação preocupante de pandemia, pois qualquer enfermidade pode baixar a imunidade do corpo humano e nos tornar mais vulneráveis a outras doenças", diz o secretário municipal de Saúde Pública, Franciel Oliveira.

 

Estudos mostram que a maior parte dos focos está em residências e comércios, seja em caixas d'água destampadas, recipientes de água de animais de estimação, objetos esquecidos em quintais e em telhados, vasos de plantas no jardim, ralos sem telas, entre outros.

 

As autoridades sanitárias alertam que as chuvas recentes podem intensificar a reprodução do mosquito, mesmo com temperaturas mais baixas. Vale seguir a regra que todos já sabem: criar uma rotina frequente de monitorar a própria casa, e utilizar-se de técnicas autorizadas pela Vigilância Sanitária como repelentes e outros métodos mecânicos de combate ao mosquito.

 

Fotos: Divulgação CCV

Fonte: Fabio Pellegrini - DRT/MS 116-06


01/07/2020 - 18:48 Mesmo durante pandemia, combate à dengue continua em Coxim

Focos continuam nas residências até na estiagem

22/06/2020 - 16:25 Campanha de vacinação contra a gripe termina no dia 30 de junho

Quase 2 mil pessoas, sendo 1.122 crianças, ainda não foram imunizadas

20/06/2020 - 16:54 Novo registro de Covid: idoso está internado no Hospital Regional de Coxim

Prefeitura reforça pedido às pessoas se prevenirem e evitarem aglomerações desnecessárias

18/06/2020 - 15:07 Sanitização de locais com grande fluxo de pessoas vira rotina em Coxim

Objetivo é diminuir risco de contágio do novo coronavírus

15/06/2020 - 14:22 SAMU recebe kits de uniformes da Prefeitura de Coxim

Entrega foi feita pelo secretário municipal de Saúde Pública, Franciel Oliveira

VOLTAR
Turismo

Conheça Coxim

Estabelecida às margens do encontro dos rios Taquari e Coxim, Coxim tem 33 mil habitantes. Por décadas, se consagrou como a Capital do Peixe, fazendo a alegria de pescadores de todos os cantos do país.

 

O rio Taquari é um dos principais formadores da planície pantaneira, sendo responsável por rica biodiversidade e belas paisagens. O rio Coxim é um de seus afluentes, ladeado por paredões naturais imponentes,...

Saiba Mais

Invista em Coxim

Às margens da BR-163, um dos principais eixos de desenvolvimento do Brasil, ligando o norte e o sul do país, Coxim localiza-se estrategicamente entre os biomas Cerrado, a leste, e Pantanal, a oeste.

Atualmente com cerca de 35 mil habitantes, nossa cidade tem sua força na agropecuária, sendo referência na região Norte de MS como polo de comércio, serviços, saúde e educação. O turismo de pesca e o ecoturis...

Às margens da BR-163, um dos principais eixos de desenvolvimento do Brasil, ligando o norte e o sul do país, Coxim localiza-se estrategicamente entre os biomas Cerrado, a leste, e ...

Saiba Mais