HOMENAGEM A ZACARIAS MOURÃO

15/03/2021 - 11:18
A Prefeitura Municipal de Coxim por meio da Fundação Clarice Rondon de Cultura, Desporto e Lazer – FUNRONDON, vem por meio desta nota, parabenizar o poeta Zacarias Mourão.
 
Nascido no dia 15/03/1928 hoje o maior ícone da cultura coxinense estaria completando 93 anos de vida.
 
O poeta que trouxe os holofotes do mundo sertanejo para o então estado do Mato Grosso, eternizou a nossa querida Coxim com a música Pé de Cedro que mais tarde se tornaria o Hino oficial do município.
 
BIOGRAFIA
Zacarias dos Santos Mourão, o Zacarias Mourão, nasceu em 15 de março de 1928 na cidade de Coxim, no estado de Mato Grosso do Sul. Passou a infância na igreja, onde se tornou coroinha ao lado de Padre Chico, que o apelidou de Tió, nome de um pássaro danado. Aos 15 anos, o menino decidiu ser padre e mudou-se para Campo Grande, onde fez dois anos de seminário, mas percebeu que não tinha vocação para o sacerdócio e resolveu deixar de lado a batina.
 
Na capital, Zacarias entrou para a Aeronáutica e depois, aos 21 anos, foi estudar em Petrópolis/RJ, mas a vida por lá não agradou. O rapaz passava a maior parte do tempo trancado em um quarto, escrevendo sobre Coxim. Resolveu morar em São Paulo, onde entrou para o DER (Departamento de Estradas e Rodagem); responsável pela construção, manutenção de vigilância das estradas; como operador de máquina. Fez carreira até sair como Policial Rodoviário Federal.
 
Em 1959, aos 31 anos, Zacarias retorna à cidade sul-mato-grossense, visita o pé de cedro que havia plantado quando criança, conversa com Padre Chico e volta à capital paulista com a letra da música, sobre a árvore, já escrita. Foi quando pediu a Goiá, outro compositor, que musicasse a canção que viria a marcar sua carreira.
 
No período em que trabalhou no Departamento de Rodagem, o compositor continuou mexendo com produções artísticas e cursou jornalismo pela Cásper Líbero.
 
O Zacarias radialista, produtor, empresário, diretor de gravadora e compositor começa a surgir nesta época, no rádio, quando ele venceu um concurso de poesia na Rádio Bandeirantes e ganhou um programa para fazer.
 
Zacarias Mourão também recebeu diversos prêmios no Festival de Música Sertaneja da Rádio Record de São Paulo. Além de compositor, Zacarias Mourão foi também radialista, tendo trabalhado na Bandeirantes, na Excelsior e também na Nacional. Na Bandeirantes, por sinal, também foi diretor artístico sertanejo e, com essa função, descobriu vários novos talentos na música caipira. Zacarias também foi diretor artístico e produtor de diversas gravadoras, tais como Polygram (hoje Universal), Chantecler (hoje Warner Music) e RCA (hoje BMG).
 
Além de comandar o programa de rádio, ele era colaborador de revistas em São Paulo, como a "Melodias" e a “Moda e Viola”, na qual assinava a coluna “Venenos do Zacarias”, onde retratava, com humor, o mundo artístico da época.
 
Suas composições foram gravadas por renomados intérpretes, como as Primas Miranda, Tião Carreiro e Pardinho, Irmãs Galvão, Tibagi e Miltinho, Zilo e Zalo, entre outros.
 
Zacarias retornou ao Mato Grosso do Sul no ano de 1981, e passou a residir em Campo Grande, onde trabalhou na Assembléia Legislativa, sem no entanto abandonar o meio artístico. Participou também como jurado do programa “Nossa Terra Nossa Gente”, que ia ao ar pela TV Campo Grande, além do programa "Porteira Velha" que apresentava na Rádio Cultura.
Brigava constantemente pela valorização dos artistas regionais. Chegou a ser proprietário da ZN Produções.
 
A vida de Zacarias Mourão foi interrompida na madrugada de uma terça-feira, em 23 de maio de 1989. O compositor, na época com 61 anos, sofreu atentado na casa que residia, localizada no Jardim TV Morena, em Campo Grande. Ele recebeu uma facada na altura do coração e chegou a ser socorrido, mas não resistiu aos ferimentos e morreu durante uma cirurgia de emergência na Santa Casa. O assassinato, até hoje, não foi esclarecido.
 
E, com a morte trágica de Zacarias Mourão, o sonho de fazer a praça pública no lugar do pé-de-cedro passou a ser um desafio ainda maior para os amigos e familiares. Foi erguido no local um busto em homenagem ao compositor, o que deu início à construção do espaço público com o qual ele sempre sonhou.
 
 
 
Fotos: Augusto Marques
 
 
Fonte: Texto: Sandra Cristina Peripato/Funrondon


14/04/2021 - 08:21 Lei Aldir Blanc: estão abertas as inscrições para artistas com cachê de até R$ 16 mil

A Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul (FCMS) divulgou a portaria n. º 20/2021, que autoriza os 809 artistas premiados nos editais emergenciais da Lei Aldir Blanc (Lei Federal n. º 14.017/2020), inciso III, a receberem cachê de R$ 16.860,00 em t

03/04/2021 - 23:17 Dona Biga recebe moção proposta pelo Forart e Funrondon

Dona Biga ou vó Biga como é conhecida por todos em Coxim a Sra. Benigna Corrêa de mais de 70 anos, que faz deliciosos doces e licores, tudo preparado com muito amor e carinho. Suas delicias leva o nome de nossa cidade as mais diversas regiões do Brasi

15/03/2021 - 11:18 HOMENAGEM A ZACARIAS MOURÃO

A Prefeitura Municipal de Coxim por meio da Fundação Clarice Rondon de Cultura, Desporto e Lazer – FUNRONDON, vem por meio desta nota, parabenizar o poeta Zacarias Mourão.

15/03/2021 - 11:14 20º Forarte de Coxim planeja a cultura e enaltece o poeta Zacarias Mourão.

Aconteceu neste domingo (14), a 20ª edição do Forarte - Fórum de Arte e Cultura de Coxim e, neste ano devido a pandemia, os produtores culturais e apoiadores realizaram o Fórum on-line que foi transmitido pela rede social Facebook.

05/03/2021 - 09:09 Prefeitura firma parceria com o projeto Luzes do Pantanal

O projeto Luzes do Pantanal é uma iniciativa privada e voluntária de comerciantes e empresários de Coxim. No ano passado enfeitou o canteiro da principal avenida de Coxim a Virgínia Ferreira.

23/02/2021 - 10:28 Assinada parceria que vai levar cultura e cidadania para a zona rural de Coxim

Foi assinado na tarde desta segunda-feira (22), o termo de parceria entre a Prefeitura Municipal de Coxim e a empresa CSN - Companhia Siderúrgica Nacional para a implantação do Projeto Garoto Cidadão. Inicialmente o projeto acontecerá na Fazenda Lamb

VOLTAR
Turismo

Conheça Coxim

Estabelecida às margens do encontro dos rios Taquari e Coxim, Coxim tem 33 mil habitantes. Por décadas, se consagrou como a Capital do Peixe, fazendo a alegria de pescadores de todos os cantos do país.

 

O rio Taquari é um dos principais formadores da planície pantaneira, sendo responsável por rica biodiversidade e belas paisagens. O rio Coxim é um de seus afluentes, ladeado por paredões naturais imponentes,...

Saiba Mais

Invista em Coxim

Às margens da BR-163, um dos principais eixos de desenvolvimento do Brasil, ligando o norte e o sul do país, Coxim localiza-se estrategicamente entre os biomas Cerrado, a leste, e Pantanal, a oeste.

Atualmente com cerca de 35 mil habitantes, nossa cidade tem sua força na agropecuária, sendo referência na região Norte de MS como polo de comércio, serviços, saúde e educação. O turismo de pesca e o ecoturis...

Às margens da BR-163, um dos principais eixos de desenvolvimento do Brasil, ligando o norte e o sul do país, Coxim localiza-se estrategicamente entre os biomas Cerrado, a leste, e ...

Saiba Mais